ÍNDICE DE INFESTAÇÃO POR AEDES AEGYPTI É LEVANTADO NO MUNICÍPIO

Caçapava do Sul Geral Prefeitura de Caçapava do Sul

A Secretaria Municipal de Saúde, junto à Vigilância Ambiental do município, vem realizando trabalho contínuo de visitas residenciais, conforme Programa Municipal de Combate à Dengue, Zika e Chikungunya instituído pela Lei Municipal nº 3.769/2016, visando a orientação e conscientização da população em relação ao combate à criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças citadas. Em 2021 o estado já registra recorde de casos de Dengue confirmados, sendo o município de Caçapava do Sul ainda isento da doença, mas em situação de alerta devido ao alto índice de infestação por mosquito Aedes aegypti.

Conforme o Coordenador da Vigilância em Saúde do Município, Júlio Forgiarini Dias, os Agentes de Combate a Endemias da Vigilância Ambiental realizaram semana passada o LIRAa, um método simplificado para obtenção rápida dos índices de infestação do vetor Aedes aegypti no município, sendo visitados um determinado número de imóveis por sorteio em toda a área urbana, incluindo a região das Caieiras e Minas do Camaquã, estes pela primeira vez abrangidos. Esta prática deveria ser empregada quatro vezes ao ano, mas desde 2019, em função da pandemia de COVID-19, não estava sendo atualizada. Hoje o município conta com 12 Agentes de Combate a Endemias, sendo 9 Agentes contratados pela Prefeitura Municipal, através de processo seletivo em 2020, e outros 3 Agentes cedidos pelo Ministério da Saúde.

Tendo em vista os surtos atuais de Dengue, Zika, Chikungunya e o retorno da Febre Amarela no estado, os serviços de prevenção serão intensificados, pedindo-se a colaboração da população acerca dos cuidados necessários para eliminação de possíveis criadouros, como objetos que possam acumular água nos pátios e terrenos abertos, lonas, potes, restos de materiais de construção e pneus. As ações visam a orientação à população e tratamento de novos focos, sem a aplicação de multas na rotina empregada. Também estão sendo realizadas notificações aos proprietários de imóveis que apresentem alto risco de proliferação de criadouros de Aedes aegypti, orientando a limpeza dentro do prazo de 20 dias. Caso as notificações não sejam atendidas, somente então poderão ser convertidas em multa.

Para outras informações pode-se buscar contato através da Vigilância em Saúde/Ambiental, junto à Secretaria Municipal da Saúde e Centro Administrativo de Caçapava de Sul.

 306 Visualizações,  2 Hoje

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *