A Censura no Brasil

Colunistas Geral

Vivemos num país com liberdade de expressão vigiada, não podemos falar o que pensamos conforme o nosso lado ideológico, se você for um apoiador da liberdade econômica será provavelmente chamado de burro, fascista, capitalista entre outras denominações como se fosse um criminoso, mas as pessoas que te acusam não são censuradas, mas se você resolver dar uma resposta vai ter censura ou até ameaçado de ser preso ou algo do tipo. Estamos sendo vigiados constantemente por uma turminha do mal, pessoas invejosas, mal amadas, que nunca tiveram coragem de fazer mais do que fazem e tentam desmerecer quem faz esse país andar pra frente.
Não sou conta a Censura desde que seja para coibir quem prega coisas ruins, que deseja
explicitamente o mal de outra pessoa, que tenta cercear o direito de liberdade do povo. Sou a favor sim da censura de pessoas que usam a liberdade para corromper outras pessoas, liderando para uma vida de misérias. Estamos vendo um Supremo Tribunal agindo fora de sua competência, se metendo contra tudo e contra todos, como se fossem Deuses na terra do Brasil, se o lado que você estiver não for o deles e se você resolver se expressar contrariando as suas ideias, podem vir punição pra você. Nessa semana tiraram do ar o face da nossa ACIC, sem explicação alguma, gerando um prejuízo imenso a nossa entidade, pior é que nada que foi publicado tinha conotação que pudesse ser censurada, mas mesmo assim tiram do ar e o pior de tudo é que não temos pra quem reclamar, porque os censuradores se escondem atrás de mecanismos ou mascaras.
Na época da pandemia fui pessoalmente ameaçado ou coagido pela justiça, com a alegação de que estava falando o que não devia, fui proibido de acessar as redes sociais, tudo porque discutia uma solução para a abertura do comércio local em nome da entidade que presido, ou seja, estava representando uma categoria e mesmo assim fui censurado. Imagina você receber um oficial de justiça com uma intimação para ficar calado, foi isso que aconteceu. Mas esse é o Brasil, uns podem dizer tudo, outros nada podem, que lei é essa que vale para um lado e para outro não. Queremos justiça, equidade, liberdade para trabalhar, direito para discordar de quem não concordamos com respeito é claro, não podemos sair chamando o povo de besta, burro, fascista, facínora em outros conotações apenas porque temos outra linda de pensamento. Pensar diferente, discutir ideias faz parte da democracia, desde que seja com respeito ao pensamento contrário. Infelizmente enfrentamos um radicalismo doentio, pessoas que exalam raiva no meio em que vivem, esquecendo que tudo o que desejamos volta em dobro.

 36 Visualizações,  3 Hoje

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *